Pelo menos 49 das 69 universidades federais do país exigem ou vão exigir comprovante de vacinação contra a Covid para atividades presenciais ou acesso ao campus em 2022, segundo levantamento feito pelo g1.

Dez instituições decidiram não exigir o certificado. Outras 9, como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ainda não têm uma definiçãoApenas uma, a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), não informou se cobra ou não a vacina.

Em dezembro, o Ministério da Educação (MEC) chegou a publicar um despacho dizendo que as instituições federais de ensino não poderiam cobrar a vacina para restabelecer a volta das aulas presenciais.

No entanto, o Supremo Tribunal Federal (STF), ao julgar uma ação sobre o tema, decidiu que as universidades têm autonomia para decidir sobre a exigência.

Rio de Janeiro

Pesquisadora da UFRJ — Foto: Divulgação/Coppe UFRJ

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

 

  • Início das aulas: Em andamento
  • Formato: Remoto
  • Vacina contra a Covid: É exigido o comprovante de vacinação.

 

Universidade Federal Fluminense (UFF)

 

  • Início das aulas28 de março
  • Formato: Presencial e híbrido
  • Vacina contra a Covid: É exigido o comprovante de vacinação.

 

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

 

  • Início das aulas: 7 de março
  • Formato: Presencial
  • Vacina contra a Covid: É exigido o comprovante de vacinação.

 

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio)

  • Início das aulas: Março (pós-graduação) e abril (graduação)
  • Formato: Ainda não foi definido
  • Vacina contra a Covid: Ainda não foi definido se o comprovante de vacinação será exigido.

Fonte: G1

Aulas Particulares Online

 
Para aulas particulares online, entre com contato conosco. Temos os melhores professores para solucionar suas dúvidas. Veja o nosso time e comprove.